A importância do Terceiro Setor

A socióloga Ana Frezzatti fez uma palestra interessante na Sede sobre o Terceiro Setor.  Por meio de um vídeo, ela mostrou como hoje as pessoas estão muito mais interessadas em compartilhar a individualidade pelas redes sociais do que se dedicar à solidariedade. A palestrante também ressaltou a importância do sorriso, citando uma frase de Mario Quintana: “O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores”.

Segundo Ana, no Brasil há 250 mil ONGs e 12 milhões de voluntários, o que equivale a 6% da população. Mas o que é ser voluntário? “É doar seu tempo, trabalho e talento para causas de interesse social e comunitário”, explicou ela, ressaltando que o voluntariado exige compromisso tanto quanto a vida profissional.

Terminou a palestra com uma frase do psicanalista alemão Erich Fromm, que resume bem como o voluntariado deve ser genuíno, sem interesses: “Se você dá para receber algo em troca, é uma questão de tempo para que acabe jogando tudo o que fez na cara da pessoa por não ter recebido o que esperava”.

 

Homenagem

Após a palestra, foi prestada homenagem a Sarah Teperman Mindlin (z´l), que teve seu nome inscrito no Hall dos Beneméritos da WIZO-SP. A cerimônia contou com a presença de familiares e muitas chaverot amigas de Sarah.

“No dia de sua morte, a comunidade judaica perdeu uma de suas grandes damas, com todas as características positivas que a palavra dama pode conter”, falou Sulamita Tabacof, presidente de Honra da WIZO-SP, relembrando vários momentos passados em companhia da homenageada.