Cartas da Bessarábia na tela

A apresentação do documentário Cartas da Bessarábia, de Leila Sterenberg, foi um sucesso. Mais de 150 pessoas lotaram a Sede para assistir ao filme e debater com a jornalista da GloboNews após a sessão. “Eu sabia que a WIZO era muito atuante no Rio de Janeiro, pois tenho primas e tias que são voluntárias, mas é impressionante ver como a WIZO é pujante também em outras cidades brasileiras”, disse ela.

cartas-da-bessarabia-na-tela-5

Um dos momentos mais intrigantes do filme é quando Leila e sua equipe chegam à Transnístria, região que pertence à Moldávia, embora tenha unilateralmente declarado sua independência em 1990 com a ajuda de contingentes russos e cossacos. Lá, muitos habitantes ainda querem a volta da União Soviética, enquanto outros lutam para tirar a cidadania romena e fazer parte da União Europeia.

Após a exibição do documentário, Leila esbanjou simpatia e conhecimento, falou sobre temas importantes, como a história judaica na região da Bessarábia e o antissemitismo nos dias de hoje. “Está realmente preocupante e ainda acredito que a educação é a principal arma para fazer frente a qualquer tipo de preconceito”, afirmou.

A WIZO agradece a presença de todos que fizeram esse empreendimento possível e também àqueles que compareceram nessa tarde memorável!