Celebração de Sucot

Por mais um ano, as voluntárias da WIZO-SP foram recebidas no Centro Judaico Novo Horizonte pelo rabino Noach Gansburg e sua esposa Pessy, na comemoração de Sucot. Assim, as voluntárias cumpriram a mitzvá da festa de sentar e comer na sucá, e fazer as brachot (bênçãos) das quatro espécies: Etrog (cidra), Lulav (folha de palmeira), Hadassim (murtas) e Aravot (salgueiros).

celebracao-de-sucot-2017-10

Pessy explicou que, na saída dos judeus do Egito, D’us colocou sete nuvens para proteger o povo durante os 40 anos no deserto. “Essas nuvens serviam tanto para desviar os ataques inimigos como para proteger os pés dos israelitas, além de guiarem o povo até a Terra Prometida”, explicou.

O rabino Noach complementou dizendo que Sucot é a Festa da Alegria (Zman Simachtenu), quando devemos nos sentir abraçados por D’us. “Esta é uma festa em que as pessoas se unem, o que reforça a força do nosso povo, e tudo o que conseguimos com lágrimas em Rosh Hashaná e Yom Kipur, conseguimos com a alegria em Sucot”.

Ao final, convidou todas as chaverot a se abraçarem e a cantarem músicas festivas, além de se servirem na deliciosa mesa de doces e frutas especialmente preparada para recebê-las.