Comemoração de Sucot

Como acontece tradicionalmente, as voluntárias da WIZO-SP foram convidadas pelo rabino Noach Gansburg e sua esposa Pessy para celebrar a festa de Sucot no Centro Novo Horizonte. Ali, puderam fazer a brachá das quatro espécies e cumprir a mitzvá de comer uma refeição dentro da sucá.

“Em Sucot, é como se estivéssemos sendo abraçados por D’us, já que é a única festa judaica que temos que cumprir com o corpo inteiro e que envolve a pessoa como um todo”, explicou o rabino.

A morá Pessy complementou falando sobre a origem da festa e seus significados. “Esta é uma festa de alegria e nos mostra que a felicidade não está em adquirirmos uma casa nova, um carro ou uma bolsa, e que mesmo dentro de uma cabana coberta de plantas podemos encontrá-la”.

Na ocasião, o Grupo Barak fez o sorteio da rifa de uma máquina de costura.

E no mesmo dia, o Grupo Tzehirot também fez sua celebração na sucá da chaverá Mitsy Smolarsky com shiur de Rochele Moscovich.