Palestra em dose dupla

Em uma mesma tarde de terça-feira aconteceram duas palestras muito informativas na Sede. A primeira foi de Philippe Klass, assessor operacional de Segurança da Federação Israelita do Estado de São Paulo, que deu ótimas dicas de como cada um pode fazer a sua parte para melhorar a segurança na Organização.

Ele explicou o conceito de atentado, desmitificando que seja apenas um ato que envolva bombas ou explosões. “Atentado é qualquer ação que visa alterar o dia a dia das pessoas de uma comunidade, e podem envolver pichações, ameaças, etc.”. Klass alertou que a Federação tem um canal aberto para denúncias desse tipo.

A segunda palestra foi da nutricionista Carolina Codicasa, que falou sobre as intervenções não-medicamentosas para melhorarem a memória e a concentração, inclusive com dicas de alimentos e de mudanças de hábitos na vida. Codicasa ressaltou que as causas para a perda de memória podem estar relacionadas a medicamentos, ao intestino desregulado, à ingestão de álcool e drogas, a noites mal dormidas, doenças, alimentação inadequada, entre outros fatores.

“Portanto, para prevenir problemas de memória e concentração, deve-se cuidar da saúde mental, da qualidade do sono, fazer atividade física e manter uma alimentação saudável”, explicou.

Entre os alimentos, ela indicou aqueles que têm na sua composição o magnésio, como feijões e castanhas, além de fósforo, selênio, cobre e todo o complexo B de vitaminas. “Além disso, beber água e se manter bem hidratado é fundamental”, recomendou a nutricionista que, ao final, tirou as várias dúvidas da plateia.