WIZO recebe Walter Longo

O Teatro Anne Frank, da Hebraica, recebeu bom público para a palestra de Walter Longo, em evento organizado pelas jovens do Departamento Aviv da WIZO São Paulo. Empreendedor digital, palestrante internacional e sócio-diretor da Unimark Comunicação, Longo se destacou como um dos consultores de Roberto Justus no programa de TV “O Aprendiz”.

Dominando com desenvoltura os espaços do palco, ele falou sobre o tema “Homens são Analógicos, Mulheres são Digitais” (título de um de seus livros) e ressaltou como as mulheres estão mais preparadas para os novos tempos do que os homens, uma vez que, entre outros motivos, elas são mais colaborativas, multitarefas e sociáveis que eles. “As mulheres privilegiam o trabalho em grupo e são mais participativas, enquanto os homens priorizam o resultado e são mais agressivos”, relatou o palestrante.

Com bom humor e ótimas sacadas durante mais de uma hora, Longo envolveu a plateia. “Por mais que a patrulha do politicamente correto queira questionar, diversos estudos científicos, principalmente na área da antropologia, mostram que mulheres e homens são diferentes e que ambos têm habilidades distintas, o que não significa um ser pior que o outro.”

Mesmo em relação às prioridades, ele apontou uma diferença: “os homens buscam ter mais tempo na sua vida, enquanto as mulheres mais vida no seu tempo”.

Por fim, Longo ainda abriu para perguntas da plateia e, questionado sobre as cotas para mulheres em cargos públicos, ele se posicionou de forma contrária. “Isso coloca a mulher em uma posição de inferioridade; creio que as mulheres devem, sim, ocupar cargos importantes na vida pública, mas porque são competentes para isso”, concluiu.